21 de ago de 2008

Manual do Aprendiz Franco Maçom - Introdução ao estudo da Ordem e da Doutrina Maçônica.

TRECHO do livro
Capítulo I
AS ORIGENS DA INSTITUIÇÃO CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES
Das três perguntas; "De onde viemos? Quem somos? e Aonde vamos?", nas quais pode subdividir-se e expressar-se o Grande Mistério da experiência, assim como, o princípio de todo o verdadeiro conhecimento e toda a sabedoria, a primeira delas é a que especialmente diz respeito ao Aprendiz.
Aplicada a nossa Instituição, para dar a conhecer sua essência, esta pergunta suscita-nos em primeiro lugar o problema em suas origens, ou seja, aquelas instituições, sociedades, costumes e tradições, nas quais a Maçonaria tem sua raiz, seu princípio espiritual, ainda que sem nelas diretamente ter origem. Deste ponto-de-vista é certo, conforme nos dizem os catecismos, que suas origens perderam-se "na noite dos tempos", ou seja; naquelas remotas civilizações pré-históricas das quais tem-se perdido os vestígios e a memória, e que remontam provavelmente a centenas de milhares de anos antes da era atual. (1)
Os primeiros rituais baseados nas tradições bíblicas, uma vez que seus redatores apoiaram-se pela fé nessas tradições, contam que: "Adão foi iniciado na Ordem do Éden, pelo G. ª em todos os ritos da Maçonaria, isto significando, evidentemente, que as origens da Maçonaria devem remontar à primeira sociedade humana, da qual Adão é um símbolo, correspondendo à Era Saturniana ou Idade de Ouro da tradição greco-romana, e ao Satra Yoga dos hindus.

Servidor: 4Shared
Tamanho: - KB
Idioma: Português
Páginas: -
 Formato do Arquivo: PDF (é preciso ter instalado o Adobe Reader)

Um comentário:

Anônimo disse...

É um material autêntico, porém de pouca serventia. Só tem parte histórica e teorias de boa conduta, "deve-se ser teísta", "à honra do GADU", por exemplo. É resumo dos textos para o grau de aprendiz. Pena que faltam instruções sobre o decorrer das cerimônias (exceto a de iniciação, que está comentada), colunas gravadas, bolsa de propostas, tronco de soliedariedade (ajuda pecuniária de caridade) os toques, palavras e sinais, e tal, mais ainda assim, autêntico.